Compartilhe este texto

Sintesam protesta contra suspensão das atividades presenciais da Ufam

Por Portal do Holanda

15/01/2022 15h32 — em Amazonas

Ufam volta a suspender atividades presenciais, menos para servidores e técnicos. - Foto: Divulgação

Manaus/AM - Após a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) suspender as atividades presenciais de professores e alunos por 30 dias, mas manter as de técnicos administrativos, o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Superior do Estado do Amazonas (Sintesam) manifestou seu repúdio pela publicação da portaria.

A Portaria Nº 94, do Gabinete da Reitoria da Ufam, publicada na sexta-feira (14), determinou “a suspensão das atividades práticas presenciais, pelo prazo de 30 (trinta) dias, pertinentes às áreas de ensino, pesquisa e extensão”.

O fato das atividades administrativas terem sido mantidas de modo presencial e restrito, dentro de cada especialidade, mesmo utilizando o sistema de escala rotativa que possa garantir o atendimento básico em cada setor, complementadas pelo trabalho em home office, causou indignação na diretoria do sindicato.

O Sintesam lembra que durante a semana, por duas vezes houve oficialização de documento à reitoria sobre o momento crítico atual, com o aumento no número de casos de Covid-19. A nota pontua que várias instituições suspenderam os trabalhos presenciais e retornaram às atividades remotas.

“Manter o trabalho presencial apenas para uma categoria é uma ação discriminatória, que desrespeita a vida de servidores(as) e de suas famílias. Por isso, o sindicato está avaliando as ações cabíveis para impedir esse descaso”, pontua a nota do Sintesam.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Amazonas

+ Amazonas