Reinaugurado o Estádio da Colina, no São Raimundo

Por

03/07/2014 22h45 — em Amazonas

O governador do Amazonas, José Melo, e o prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto, reinauguraram  na noite desta quinta-feira o Estádio da Colina, agora chamado Estádio Ismael Benigno, em homenagem ao patrono do clube de futebol São Raimundo, dono da casa. Apesar de ser menor que o anterior, o estádio foi construído dentro das normas das arenas da FIFA.

Para José Melo, a construção do estádio é apenas o pontapé inicial de novos tempos para o futebol amazonense e um dos legados da Copa do Mundo para a capital amazonense. ”Tanto este estádio quanto o do Coroado são campos que recebem grandes talentos do nosso futebol e agora eles poderão se desenvolver ainda mais em campo. Sem dúvida esse estádio é um belíssimo legado”, declarou Melo.

Segundo o prefeito Arthur Neto, para alavancar o futebol amazonense, os clubes deveriam adotar medidas que deram certo com grandes times nacionais e internacionais, transformando-se em empresas. “Eu sou contra os clubes serem dependentes dos recursos públicos. Sou a favor que os clubes transformem-se em verdadeiras empresas, com fontes seguras de patrocínio e com sustentabilidade. Aí sim o futebol deslancha”, declarou.

O Estádio Ismael Benigno tem capacidade para 10.250 pessoas. Antes da partida inaugural entre São Raimundo e Sul América, foram homenageadas personalidades que, de acordo com a direção do tufão da colina, prestaram mais de 40 anos de serviços para a agremiação.