Órgãos intensificam ações contra crimes ambientais no sul do Amazonas

Por Portal do Holanda

17/10/2020 13h27 — em Amazonas

Equipes atuarão com foco em municípios como Humaitá, Lábrea e Manicoré. Foto: Jamile Alves/SEMA

Manaus/AM - A Operação Curuquetê 2 iniciou, a partir desta sexta-feira (16/10), sua sétima fase de fiscalização e combate ao desmatamento e queimadas no Amazonas. Agora, o Governo do Amazonas estabeleceu como base das ações de comando e controle o município de Humaitá, distante 701 quilômetros em linha reta de Manaus. O objetivo é atender mais cidades do Sul do Amazonas, por meio da BR-230 e BR-319.

A ação é liderada pelo Sistema Estadual de Meio Ambiente, integrado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), que coordena as atividades em campo. Integram ainda o efetivo do Estado equipes do Batalhão Ambiental da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC-AM).

A Curuquetê 2 ocorre no Sul do Amazonas desde junho deste ano. A região é considerada crítica para crimes ambientais, em especial os relacionados à pressão em glebas e assentamentos federais para expansão da fronteira agropecuária e grilagem de terras.

Até então, o trabalho das equipes estava concentrado em Apuí, que apresentava maior avanço dos focos de calor no estado. Agora, as equipes atuarão com foco também em outros municípios, segundo explica o secretário da Sema, Eduardo Taveira.

“Nós intensificamos os trabalhos em Apuí, em um momento em que o município registrou um total de 1.422 focos de calor em agosto. Com as ações diárias de fiscalização, esse índice caiu para 382 em setembro e vem seguindo essa tendência de baixa. Desta forma nós mudamos o planejamento estratégico das missões, no intuito de intensificar a presença do Estado, agora com uma nova base de operação”, pontuou.

Nesta próxima etapa, a fiscalização da Curuquetê 2 irá abranger, além de Humaitá e distritos adjacentes, os municípios de Lábrea, Manicoré, Boca do Acre e Canutama.

Uma reunião de alinhamento entre representantes do Governo do Amazonas, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Humaitá e do Exército Brasileiro, que apoia as atividades na área, por meio da operação federal “Verde Brasil 2”, foi realizada nesta manhã, para alinhamento das estratégias de combate na região.