Hospital Nilton Lins fará atendimento de pacientes com Covid19 transferidos

Por Portal do Holanda

13/01/2021 12h11 — em Amazonas

Foto: Rodrigo Santos/SES-AM /O Hospital Nilton Lins vai atuar da mesma forma como atua o Hospital Delphina Aziz

Manaus/AM - A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) informa que o Hospital Nilton Lins, não será uma unidade de porta aberta, com livre demanda. O Hospital vai receber pacientes transferidos de outras unidades da rede pública.

Assim como ocorreu em 2020, o hospital atuará como unidade de referência para receber apenas pacientes por meio do Sistema Nacional de Regulação (Sisreg), sob responsabilidade da Central Única de Regulação e Agendamentos de Consultas e Exames (Cura). Ou seja, aqueles que já se encontram em atendimento nas unidades de Urgência e Emergência e, após avaliação médica, tiveram a indicação para internação.

A nova unidade de referência, que deve ser aberta nos próximos dias, tem capacidade inicial para funcionar com 81 leitos clínicos e 22 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Rede de urgência e emergência – A SES-AM ressalta que o paciente deve se dirigir a unidades do Estado (rede de urgência e emergência) quando estiver apresentando sinais de gravidade da doença. Alguns desses sintomas são: saturação de oxigênio menor que 95%, falta de ar e baixa pressão.

A rede de urgência e emergência da SES-AM em Manaus com porta aberta para atender pacientes graves com suspeita de Covid-19 e outras síndromes gripais é composta por 24 unidades, entre prontos-socorros, maternidades e serviços de pronto atendimento (SPAs e UPAs)


+ Amazonas