Governo vai regularizar mais de 2 mil propriedades em Novo Airão

Por

07/07/2014 17h35 — em Amazonas

A partir de agosto, mais de 2 mil famílias de Novo Airão  começarão a receber a visita das equipes da Secretaria de Política Fundiária para a regularização dos terrenos onde moram. A informação foi dada pelo secretário de Estado de Política Fundiária, Ivanhoé Mendes, que esteve no município para reunião com os moradores, no último sábado, no Ginásio de Esportes.

Mendes disse que o Governo do Estado vai promover regularização fundiária em vários municípios do Estado ainda neste ano. Em Novo Airão, os trabalho já começam em agosto e devem demorar dois meses para serem concluídos. "Até o final do ano vamos voltar ao município para fazer a entrega desses títulos. Temos previsão de entregar entre 1,7 mil e 2,2 mil títulos no município. O número exato só saberemos após finalizado o trabalho", afirmou.

Os moradores da área que será titulada vão receber a visita de equipes da SPF, devidamente uniformizadas e identificadas, em suas residências. As equipes vão fazer o levantamento socioeconômico  das pessoas na própria residência e a medição dos terrenos.

Documentos necessários - Para agilizar o trabalho de regularização fundiária, a SPF orienta os moradores a providenciarem os seguintes documentos, que devem ser entregues durante a visita das equipes de cadastramento socioeconômico:  Carteira de Identidade e CPF; Comprovante de residência; Certidão de casamento/divórcio; Certidão de nascimento dos filhos menores de 18 anos; Comprovante de renda familiar; Procuração firmada por Instrumento Público com validade de 1 ano, com poderes específicos para representá-lo junto à entidade fundiária, se o requerente quiser ter uma pessoa para representá-lo. Deve ser apresentada fotocópia em folha inteira de todos os documentos.