Governo promove Dia de Campo para elevar qualidade da produção de hortaliças

Por Portal do Holanda

14/11/2014 16h35 — em Amazonas

Com a finalidade de melhorar a qualidade dos produtos ofertados em feiras e mercados locais, além da apresentação de alternativas para uma produção mais rentável, o Governo do Amazonas realizou na manhã desta sexta-feira um Dia de Campo no município de Iranduba. A atividade foi desenvolvida por meio de uma parceria entre o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas e o Ministério do Desenvolvimento Agrário.
 
A proposta é incentivar a adoção de tecnologias para produção de hortaliças por meio de conhecimentos aplicados, em especial, através do método da plasticultura, que foi demonstrado nas Casas de Vegetação, em atividade prática durante o evento que ocorreu em Iranduba.
 
A propriedade onde foram realizadas as atividades compreende uma área de 50 hectares e pertence ao agricultor Aloísio Pollmeier, 57 anos. Ele trabalha com o cultivo de culturas agrícolas, como tomate, alface, pimentão e pimentas há oito anos. Para ele, esse tipo de atividade é um treinamento que auxilia os produtores. “Eu penso que só quem tem a ganhar é o produtor. Então, este evento que o Idam está promovendo é de fundamental importância e deveria ter sempre para o produtor conhecer, afinal só quem acompanha a tecnologia vai ter sucesso”, ressaltou.
 
Para permitir o maior entendimento do produtor quanto ao processo de execução do cultivo durante a demonstração do Dia de Campo, foi adotada a dinâmica da divisão das estações de atuação na cadeia produtiva, como explica o gerente da Unidade Local do Idam, Favilla Gentil Neto. “Essa metodologia utilizada pelo Idam é utilizada para apresentação de novas tecnologias ao agricultor. Eles irão ver desde o preparo de área até a colheita e pós-colheita”, disse.
 
Além de proporcionar a compreensão do produtor quanto ao plantio, o Dia de Campo também é uma atividade que busca oferecer oportunidades de minimização de custos, com qualidade final ao consumidor. O evento teve a participação de 150 agricultores da região, dentre eles o produtor rural Auriberto Lima, 61 anos, que há dez anos se dedica ao cultivo de hortaliças no município do Careiro Castanho, e que se deslocou da BR-319 até Iranduba.
 
Ele acredita que acredita essa atividade deve ser ampliada aos demais municípios. “Esse projeto do Idam é muito importante e tem que ser levado aos outros municípios para que possa atingir mais pessoas. Precisamos ter o conhecimento da tecnologia para produzir cada vez mais”, enfatizou.
 
Dia de Campo - É um método planejado que visa mostrar uma série de atividades em uma mesma propriedade, realizado em um dia, com a finalidade de despertar interesse e motivar o público beneficiário a adotar determinada tecnologia que está sendo apresentada, além de divulgar os serviços prestados pela Assistência Técnica e Extensão Rural e promover a integração dos diversos atores envolvidos, nos níveis municipal, regional e estadual.
 
Antes de Iranduba, o Idam realizou um Dia de Campo em Manaus voltada para a piscicultura. O terceiro Dia de Campo está previsto para acontecer ainda neste ano, em data a ser divulgada em breve, no município de Rio Preto da Eva, com o objetivo de reforçar a cultura da mandioca.