FCecon inicia implantação de normas de qualidade

Por

11/06/2014 13h05 — em Amazonas

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Susam), deu início, este mês, à primeira fase de um projeto que objetiva levar a instituição à certificação do ISO 9000, com a adoção de normas técnicas para melhorias no modelo de gestão da instituição e otimização de seus serviços.

A empresa contratada e que ficará responsável por traçar o plano de metas e adequações é a M & V Consultoria e Assessoria Empresarial. A ideia é que, a partir de uma série de visitas técnicas, iniciada este mês, além de reuniões setoriais, seja possível levantar as diretrizes e metas a serem alcançadas para a melhoria dos serviços oferecidos e, ainda, os indicadores relacionados aos mesmos.

O padrão do sistema que será implantado será internacional, agregando mais qualidade e ganhos aos serviços ofertados. Inicialmente, a ideia é que haja investimentos futuros, principalmente nas áreas de qualificação e treinamento de pessoal, o que será de conhecimento dos gestores após traçado um diagnóstico da unidade hospitalar. A partir daí, será montado um cronograma a ser seguido pelos gestores individuais de cada setor.

A primeira fase do projeto deve seguir até dezembro deste ano, mês em que há a expectativa de obtenção da certificação. Contudo, as adequações serão continuas, com revisão anual da política de funcionamento, agregando valores, principalmente, no que diz respeito ao atendimento ao usuário e funcionamento dos setores da unidade, hoje considerada referência no tratamento do câncer em toda a Amazônia Ocidental.

Também passarão pelo crivo os prestadores de serviço da instituição, destaca a diretora-administrativa da FCecon, Maria Célia Lopes. “Com a adoção dessas medidas a nossa oferta aumenta e o tempo de resposta ao paciente diminui, uma das nossas principais prioridades”, assegurou.