Empresa para e deixa 350 mil pessoas sem ônibus na Zona Leste de Manaus

Por

15/07/2014 6h48 — em Amazonas

 

A concessioária Global, que atua na Zona Leste de Manaus e tem 1500 funcionários e frota superior a 260 veículos parou na manhã desta terça-feira. Motoristas e cobradores alegam que os últimos acordos trabalhistas feitos com a empresa não foram cumpridos e estão com direitos trabalhistas atrasados.  A Global já e reincidente no não cumprimento de acordos e os funcionários já pararam pelo menos duas vezes este ano, deixando sem transporte público pelo menos 350 mil pessoas. 

A empresa São Pedro, com cerca de 150 ônibus e que serve linhas na zona Oeste de Manaus também parou seus serviços nesta terça-feira.