Compartilhe este texto

Em dois anos, PF concedeu mais de 22 mil registros de armas no Amazonas

Por Portal do Holanda

29/06/2022 14h30 — em
Amazonas


FOTOS: Erlon Rodrigues/ PC-AM

Manaus/AM - Mais de 22 mil armas de fogo foram registradas na Polícia Federal do Amazonas (PF) nos dois últimos anos, sendo 10.217 em 2020 e 11.805 em 2021, informou o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nessa terça-feira (28).

Mas as estimativas para o Brasil revelam que para cada 3 armas de fogo em estoques particulares, 1 está em situação irregular.

Em todo o país, o número de registros de armas ativos na PF aumentou 20,8% entre 2020 e 2021, passando de 1,2 milhão para 1,5 milhão. A maior parte dessas armas são pistolas (454 mil), seguidas por espingardas (172 mil).

Existem mais armas de fogo em poder de particulares do que em estoques institucionais de órgãos públicos, como as polícias civis, federal, rodoviária federal e guardas municipais, além de instituições como Tribunais de Justiça e Ministério Público, destaca o levantamento.

Ainda de acordo com a PF, 1.542.168 armas de fogo estão com a licença expirada e, portanto, tornam-se irregulares, pois não deixam de existir após a data de vencimento do registro.

A estimativa dos pesquisadores que trabalharam no anuário é de que existem 4.429.396 de armas, entre registros regulares no Sistema Nacional de Armas (Sinarm) e Sistema de Gerenciamento Militar de Armas ( Sigma), coordenado pelo Exército.

Entre os estados da região Norte, o que tem mais registro de porte de armas é o Pará, com 25.908 em 2020 e 35.483 em 2021, seguido por Rondônia, com 21.518 registros em 2020 e 29.821 em 2021. O estado de Acre teve 12.931 em 2020 e 15.778 em 2021, o de Roraima teve 4.366 registros em 2020 e 5.679 em 2021, e o Amapá, com 5.502 registros em 2020 e 6.076 em 2021.
 



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Amazonas

+ Amazonas