Copa do Mundo deixa R$ 325,8 milhões em Manaus

Por

15/07/2014 15h37 — em Amazonas

Manaus/AM - O governador do Amazonas, José Melo, e o prefeito de Manaus, Artur Neto, apresentaram nesta terça-feira, 15, no Centro de Convenções do Amazonas, o balanço final da Copa do Mundo da Fifa na capital amazonense. Com quatro jogos na Arena da Amazônia, o Amazonas recebeu 120 mil turistas de diversas nacionalidades, que deixaram em Manaus R$ 325,8 milhões.

“Manaus ganhou a Copa, porque foi escolhida a melhor subsede”, disse o prefeito, enquanto o governador José Melo lembrou que “o sucesso da Copa não caiu do céu; deixamos de lado as vaidades e nos unimos para vencer”. Melo disse também que a Arena não vai se tornar um elefante branco: “já temos consultas para a realização de 11 grandes eventos, megashows, para a nossa Arena, que é multiuso”.

Tanto o prefeito quanto o governador creditaram o sucesso aos milhares de amazonenses que se envolveram de alguma forma na realização do evento, desde o planejamento, passando pela divisão de tarefas entre Estado e prefeitura, a coordenação e execução, ao voluntariado de centenas de jovens “que foi o terceiro item mais citado pelos turistas”.

A Copa na Arena da Amazônia, que foi assistida segundo a Fifa por 240 milhões de pessoas em todo o mundo, promoveu uma arrecadação recorde no primeiro semestre do ano, de acordo com relatório da Sefaz, que aponta o montante de R$ 4,37 bilhões. No mês de junho bateu o teto de R$ 689,15 milhões, influenciada em parte pelas vendas de TVs no polo industrial

No setor do comércio o aumento de vendas contribui com R$ 1,55 bilhão em arrecadação do ICMS no semestre, enquanto nos serviços foram arrecadados R$ 369,06 milhões. Entre os estrangeiros, o índice de satisfação com a recepção e coordenação dos jogos na Arena da Amazônia chegou aos 99,6% de aprovação, e entre os turistas brasileiros ficou em 97,9%.

Fotos: Freelancer Pedro Braga Jr