Compartilhe este texto

Comissões da Câmara e Senado ouvem indígenas, órgãos e entidades no Vale do Javari

Por Portal do Holanda

30/06/2022 11h57 — em
Amazonas


Foto: Divulgação

Comissões Externas da Câmara e do Senado Federal farão Audiências Públicas e de oitivas nesta quinta-feira (30), nos municípios de Atalaia do Norte e de Tabatinga, no Alto Solimões, para apurar sobre a segurança no Vale do Javari. As comissões foram criadas após os assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista do The Guardian, Dom Phillips na região.

As ações são coordenadas pelo deputado federal Zé Ricardo (PT/AM) e pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP), ambos presidentes das Comissões nas respectivas Casas. Os parlamentares presentes ouvirão indígenas, entidades locais e órgãos públicos que atuam na defesa da região. A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), possivelmente marcará presença nessa diligência. 

As Comissões Externas têm a missão de acompanhar, fiscalizar e propor providências no caso dos assassinatos de Bruno e Dom. Também querem apurar os desdobramentos e a omissão do poder público na garantia da segurança dos povos indígenas na região do Vale do Javari e quais projetos existem para a região, onde se encontra a segunda maior reserva indígena do país, mas que são constantes vítimas da violência, do tráfico de drogas e do garimpo ilegal. 

No final da manhã de quinta-feira, acontece a primeira Audiência Pública, no Município de Atalaia do Norte, com representantes da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja), do Observatório dos Direitos Humanos dos Povos Indígenas (OPI) e da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab), e além de representantes do Ministério Público Federal (MPF) e da Defensoria Pública da União (DPU).

Já no final da tarde, em Tabatinga, acontecerá reunião com a Força Tarefa responsável pelas investigações dos assassinatos de Bruno Pereira e de Dom Phillips (Polícia Federal, Polícias Civil e Militar, Defesa Civil, Exército e Marinha, além da Funai e do Ibama).



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Amazonas

+ Amazonas