Circuito do Trabalho oferece mais de mil vagas de cursos no Amazonas

Por Portal do Holanda

14/05/2021 21h10 — em Amazonas

Foto: Divulgação

Manaus/AM - A Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (Setemp), órgão da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), está oferecendo 1.140 vagas de cursos profissionalizantes, voltados para pessoas que buscam qualificação para uma oportunidade no mercado profissional, com previsão de início ainda neste mês de maio.

Os cursos, que acontecerão em três municípios do estado, estão inclusos no “Circuito do Trabalho e Empreendedorismo”, uma parceria com o Instituto Numiá, através da emenda parlamentar dos deputados Sinésio Campos e Adjuto Afonso.

O projeto que visa o crescimento da geração de emprego e renda, disponibiliza vagas para os cursos de Agente de Portaria (AGP), Treinamento Básico Operacional (TBO), NR-10, NR-15, NR-20 e NR-35, todos voltados para os municípios de Itacoatiara, Rio Preto da Eva e Manaus, municípios contemplados pelo projeto.

Na capital, o Sine Amazonas e o Centro de Convivência da Família - Padre Pedro Vignola, serão responsáveis por acolher as turmas, com aulas a serem ministradas de forma presencial e totalmente gratuitas; e ao término dos cursos, os alunos receberão o certificado válido em todo território brasileiro.

Para a Secretária Executiva da Setemp, Neila Azrak, dar continuidade a esse trabalho do Governo do Estado, é resultado de um trabalho incansável, que tem o objetivo de abrir portas aos cidadãos que querem se qualificar.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas no Portal do Trabalhador, por meio do site: www.portaldotrabalhador.am.gov.br, onde mais informações estarão disponíveis.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas