Ambulantes têm mercadorias apreendidas

Por Portal do Holanda

03/11/2014 11h22 — em Amazonas

A Prefeitura de Manaus continua a realizar no Centro de Manais  ação que visa coibir   a venda irregular de produtos. A fiscalização é feita por servidores da Secretaria  de Feiras, Mercados, Produção e Abastecimento (Sempab).

Fiscais do município estiveram no domingo nas avenidas Eduardo Ribeiro e Sete de Setembro e nas ruas Saldanha Marinho, Henrique Martins, Quintino Bocaiuva e Marechal Deodoro. O trabalho contou com o apoio da Polícia Militar (PM). Durante a ação, a Sempab encontrou um veículo, modelo van, cheio de roupas, usado para abastecer os estoques dos ambulantes da Eduardo Ribeiro e áreas próximas.

Também foram apreendidas três caixas de isopor de ambulantes que estavam comercializando cervejas, águas e refrigerantes na rua Henrique Martins. Dois carrinhos de mãos com frutas (tucumãs, mangas e jenipapos) foram retirados das ruas pela Sempab.

Na entrada da rua Quintino Bocaiuva, os fiscais apreenderam vários CDs e DVDs piratas, duas telas com óculos de sol e de graus comercializados no porta-malas de um veículo. Também foram retiradas das vias sombrinhas, meias, entre outros produtos.

 “Nossa equipe de fiscais está emprenhada em combater a prática do comércio informal na área central. Desta forma, qualquer pessoa que tente comercializar irregularmente neste local terá suas mercadorias apreendidas, pois temos que honrar o acordo que o prefeito Artur Virgílio Neto fez com os camelôs que deixaram as calçadas livres, não permitindo que elas voltem a serem ocupadas por comerciantes informais”, destacou o secretário da Sempab, Fábio Pacheco.

Os proprietários do veículo e outros objetos apreendidos deverão comparecer a sede da Sempab, localizada na Rua Carvalho Paes de Andrade, n º 140, São Francisco, zona Sul, em até cinco dias úteis, para que possam reaver suas mercadorias, mas precisarão comprovar a procedência do material e assinar o termo de compromisso de não mais praticar o comércio informal, sem autorização.

Foto: José Gracy/Sempab