Siga o Portal do Holanda

Policial

Polícia prende em Manaus foragido da Justiça do estado do Pará

Publicado

em

Divulgação Polícia Civil

Manaus/AM - A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), cumpriu na madrugada de domingo (19), por volta das 3h, nas dependências da unidade policial, mandado de prisão em nome do vendedor de carros Rodrigo de Castro Xavier, 32, considerado foragido da Justiça do estado do Pará desde 2012.

De acordo com o delegado Jander Mafra, titular do 6º DIP, Rodrigo foi conduzido ao prédio da unidade policial após desacatar um policial militar em um bar situado na rua Penetração do conjunto Galileia, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus.

“Ao chegar à delegacia, o infrator se identificou como ‘Thiago’. Logo em seguida obtivemos a verdadeira identificação do elemento e descobrimos que se tratava de um foragido da Justiça do estado do Pará. Rodrigo foi condenado a 20 anos de reclusão em regime fechado pela autoria do homicídio de Gleice Yasmin Corrêa, em 2008, no município de Santarém (PA). A vítima tinha 26 anos na época”, explicou Mafra.

O titular do 6º DIP relatou, ainda, que após passar quatro anos cumprindo pena no Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura (CRASHM), em Santarém, Rodrigo fugiu da unidade prisional e veio para Manaus. “Em 2012, o juiz Gerson Marra Gomes, da 9ª Vara de Execuções Penais (VEP) da Comarca de Santarém, expediu mandado de prisão em nome do infrator. Por conta da ordem judicial, o infrator acabou preso”, disse.

Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio do 6º DIP, Rodrigo será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer até ser recambiado para unidade prisional no estado do Pará.

Acabou a chantagem com Manaus. Intervenção nas empresas de ônibus era necessária

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.