Siga o Portal do Holanda

Gente armada causa pânico em boate de Manaus

Publicado

em

Mais um caso de uso de arma de fogo dentro de boate em Manaus.  Quatro feridos, agora na Casa de Shows Almirante, no bairro Santo Agostinho. Não são mais episódios isolados, tornaram-se  frequentes, considerando o grande número de casos não registrado.

E são frequentes porque a concessão permissiva do governo  Bolsonaro para a compra de  armas estimulou certo sentimento de poder e exibicionismo.

Embora permaneçam as  limitações ao porte, cada vez mais se observa pessoas carregando arma na cintura, com baixo ou nenhum controle das autoridades reguladoras.

É um caso de segurança pública porque estimula a violência e coloca em risco cada vez  maior a vida das pessoas. Mas é, também,  um claro caso de  desvio mental dos que portam armas  como se fossem homens treinados para matar.

Diante das novas regras para uso de armas e da tentativa de tornar lei o chamado “excludente de ilicitude”, que na verdade era uma permissão para matar, a utilização de armas fora de serviço  por policiais tem crescido, o que contribuiu para fragilizar o já decadente sistema de segurança pública. É só lembrar o caso do delegado Gustavo  Sotero, que atirou e matou dentro da boate Porão do Alemão, em 2017,  o advogado Wilson Justo.


+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.