Compartilhe este texto

SC registra os primeiros flocos de neve e chuva congelada do ano

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

17/05/2022 11h07 — em
Variedades



SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - Ainda tímida, a primeira neve do ano caiu no estado de Santa Catarina na manhã desta terça-feira (17), em ao menos duas cidades. Os flocos de neve surgiram em Urupema e Urubici, em meio a uma temporada de fortes temporais causados pela forte massa polar que chegou ao Brasil. Já São Joaquim teve a primeira chuva congelada de 2022.

Os primeiros registros foram feitos na região do Morro das Antenas, em Urupema, pela Epagri/Ciram, instituto que monitora as condições meteorológicas no estado. Após moradores registrarem neve em Urubici, o serviço meteorológico confirmou que também nevou na cidade.

De acordo com a agência de notícias São Joaquim Online, o fenômeno de chuva congelada começou por volta das 23h30, quando foram gravadas cenas dos pingos de chuva congelados caindo na zona central da cidade.

Estima-se que a região enfrentará temperaturas baixas, entre -1°C e 5°C. Na cidade de Bom Jardim da Serra, a mínima foi de -2,4C. No entanto, a forte presença de umidade impulsiona a formação de neve em vários municípios.

O cenário também tende a se intensificar, pois está prevista uma massa de ar frio que partirá da Argentina para o sul do Brasil e levará a uma queda mais expressiva das temperaturas. Segundo a Defesa Civil do estado de Santa Catarina, a primeira onda de frio do ano pode se estender até a próxima segunda-feira (23).

Confira as menores temperaturas para algumas cidades:

Bom Jardim da Serra: -2,4ºC

São Joaquim: -0,12ºC

Urupema: 1,38ºC

Tangará: 2,81ºC

São José dos Ausentes (RS): 2,1ºC

JÁ HOUVE NEVE NO OUTONO?

Apesar de ser um fenômeno bastante associado ao inverno, a queda de neve no sul do Brasil também já foi testemunhada entre os meses de abril e maio de anos anteriores.

Em 17 de abril de 1999, a cidade de São Joaquim, em Santa Catarina, registrou os primeiros flocos de neve da temporada. Isso ocorreu em consequência do La Ninã, fenômeno oceânico e atmosférico baseado no resfriamento normal das águas do Pacífico Equatorial, informou o Climatempo.

Mesmo assim, o La Ninã voltou a causar impactos semelhantes no sul do país em maio de 2007, quando as cidades de Urupema e São Joaquim registraram neve e temperaturas muito baixas. A passagem mais recente desse efeito foi percebida também em 2016, entre as serras de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

PRESENÇA DE CICLONE

De acordo com o Climatempo, a chegada de um ciclone extratropical no Oceano Atlântico estimula o aumento da umidade, que será um dos fatores responsáveis pela queda nas temperaturas no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Nestes estados, os ventos se manifestaram de maneira mais intensa e perigosa nos litorais, com rajadas que podem chegar a 110 km/h.

Já o Paraná terá ventos moderados nos municípios do leste. Mas, ao mesmo tempo, o ar seco e frio pode causar geada na grande Curitiba. Para o sul e leste de São Paulo são esperados ventos capazes de variar dos níveis mais leves ao forte, assim como em algumas localidades do estado do Rio de Janeiro.

Por outro lado, os ventos fortes gerados pelo ciclone sobre o oceano deixarão o mar agitado e com grandes ondas entre os litorais do Sul e Sudeste. O cenário deixa os navegadores em alerta e exige cautela em muitas de suas operações.

Para os dias 17 e 18 de maio estão previstas ondas de 2,5 a 4,0 m entre os municípios de Rio Grande (RS) e Laguna (SC) e de 2,5 m a 3,5 m do litoral sul de São Paulo até a região dos Lagos, no Rio de Janeiro.

O ar seco e frio de origem polar terá impactos mais intensos entre São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso do Sul a partir de amanhã (18), elevando as possibilidades de temperaturas muito baixas e geada.

Para a capital paulista e a grande São Paulo, é aguardada a queda para 6ºC, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas) da Prefeitura. As temperaturas permanecerão baixas na quinta (19), com mínima de 7ºC e máxima de 15ºC, e sexta-feira (20), entre 7ºC e 16ºC.

As temperaturas também podem despencar em Belo Horizonte, com mínima de 16ºC e 22ºC para hoje, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A partir de amanhã (18), a mínima será de 8°C, com máxima de 20°C e quinta-feira (19), com mínima de 5°C e máxima de 19°C.

Já o Rio de Janeiro terá mínima de 19ºC e máxima de 24ºC. Mas, nos próximos dias a mudança será radical, com temperaturas entre os 15ºC e 23ºC na quarta-feira (18), com possibilidade de névoa e tempo nublado.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades