Compartilhe este texto

Mulher é agredida por três guardas-civis na cracolândia em SP; veja vídeo

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

28/05/2022 19h04 — em
Variedades



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma mulher foi agredida por três guardas-civis metropolitanos no início da tarde deste sábado (28) na rua Helvétia, no Campos Elíseos, novo endereço da cracolândia há cerca de uma semana. Vídeo da agressão foi divulgado nas redes sociais.

Na sequência filmada pelo fotógrafo Caio Castor, os oficiais aparecem andando atrás da mulher na tentativa de afastá-la do local. Um deles desfere golpe de cassetete no ombro dela e, em seguida, outro guarda-civil aciona o spray de pimenta a poucos centímetros do rosto.

A substância atinge um terceiro guarda-civil, que se afasta com a mão no rosto. Nas imagens, a mulher aparece sozinha, descalça e desarmada. Segundo moradores, os guardas-civis foram alvos de provocação de usuários de drogas, que jogaram pedras e tossiram em cima deles.

A Prefeitura de São Paulo afirmou que afastou os guardas-civis e que uma sindicância foi instaurada para "apurar os fatos e aplicar as punições cabíveis". "A gestão municipal não compactua com irregularidades e todo caso de desvio de conduta é rigorosamente apurado", informou a nota.

O vídeo foi replicado pelo perfil oficial do padre Júlio Lancellotti, da Pastoral do Povo de Rua. "Essa é a estratégia de 'importantes vitórias' promovida pela prefeitura de São Paulo diariamente", escreveu o padre.

O fotógrafo disse que tem sofrido ameaças de moradores da Helvétia por causa do vídeo. "Meu interfone não para de tocar. Os moradores estão aqui na rua dizendo que vão invadir o meu apartamento", disse.

Ele conta também que as ameaças de agressão estão sendo enviadas via grupos de mensagens de moradores. Um carro da Polícia Militar foi posicionado em frente ao prédio do fotógrafo por volta das 19h deste sábado.

Nesta sexta-feira (27), a Polícia Civil, Polícia Militar e a GCM (Guarda Civil Metropolitana) deflagraram a segunda ação na cracolândia desde a megaoperação que esvaziou a praça Princesa Isabel, onde o fluxo de traficantes e usuários de drogas havia se estabelecido no fim de março.

A ação ocorreu no novo endereço da cracolândia, no quarteirão na esquina da Helvétia e da avenida São João. Ao menos seis adultos foram presos e um adolescente, apreendido.

Na semana passada, os policiais esvaziaram a rua Doutor Frederico Steidel, no outro lado da avenida São João, onde os frequentadores da cracolândia haviam se instalado.

Assim como na operação policial na praça Princesa Isabel, em 11 de maio, o veículo blindado do GER (Grupo Especial de Reação) foi acionado para atuar nesta sexta-feira.

A função dos oficiais especiais é garantir a segurança dos demais policiais que integram a operação, por ser o único órgão com autorização para usar armas letais, se necessário.

O GER faz parte do Dope (Departamento de Operações Policiais Estratégicas) e foi criado para atuar em ocorrências com reféns.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades