Mudanças no calendário de vacinação de SP geram filas e confusão em UBS da capital

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

23/06/2021 11h05 — em Variedades

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A suspensão da vacinação contra a Covid-19 na terça (22) na capital paulista por falta de doses e as consequentes mudanças no calendário geraram confusão e filas longas em UBS (Unidade Básica de Saúde) da cidade.

De acordo com o calendário com escalonamento por idades anunciado em 18 de junho, pessoas de 48 e 49 anos seriam elegíveis para receber a vacina no dia 23 deste mês. Mas, de acordo com o novo calendário divulgado no dia 22 à noite, após a suspensão da aplicação, nesta quarta só as pessoas de 49 anos poderiam receber uma dose, e a vacinação da faixa de 48 anos foi adiada para quinta (24).

No megaposto da Sé, no centro da capital, uma longa fila se formou de manhã, com muitas pessoas de 48 anos que acabaram voltando para casa sem receber a aplicação.

Quando questionavam quando seriam vacinados, recebiam a resposta de que seria necessário aguardar um novo informe da prefeitura, porque ainda não havia previsão de quando seriam vacinadas.

A confusão com o calendário estadual de vacinação também levou pessoas mais jovens ao posto, porque, segundo o Plano Estadual de Imunização, aqueles entre 43 e 49 anos poderiam receber a aplicação a partir desta quarta. Mas, depois desse anúncio feito por João Doria (PSDB) em 13 de junho, a Prefeitura de São Paulo divulgou suas próprias datas, escalonando os grupos por idade.

Foi o caso de Maria José da Silva, 46. Após ver na televisão que a vacinação para pessoas da sua idade começaria nesta quarta, dirigiu-se ao megaposto da Sé para receber a vacina, mas lá foi informada de que ainda não há previsão para a sua idade.

"Hoje era até 50 anos, agora estão falando que não é. Falaram que era ontem mas não tinha vacina em São Paulo", disse a auxiliar de limpeza.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Variedades