Compartilhe este texto

Incêndio atinge livraria infantil e destrói obras na Itália

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

21/05/2022 15h54 — em
Variedades



Um incêndio destruiu parte da Livraria Giannino Stoppani, voltada ao público infantil, na cidade de Bolonha, na Itália, na sexta-feira, 20. O fogo também chegou ao Palácio Re Enzo, edifício vizinho.

Segundo informações do la Repubblica, a região em volta do incêndio precisou ser isolada, mas não houve nenhum ferido. A causa mais provável da origem do fogo é um curto-circuito na livraria. Havia dois funcionários e um cliente no local. Ao perceberem o fogo, eles logo chamaram o corpo de bombeiros.

"O incêndio de ontem foi um golpe forte para todos nós. Nesta manhã fui, acompanhado de Silvana Sola, fundadora da livraria, verificar os danos e entender como podemos ajudá-los a recomeçar", escreveu o prefeito de Bolonha, Matteo Lepore, ao publicar algumas fotos do local após a destruição em seu Facebook.

Em seguida, prosseguiu: "A Livraria Giannino Stoppani é um lugar querido por muitos bolonheses. É o lugar em que muitos meninos e meninas, assim como seus pais, se tornam próximos à magia da leitura, descobrindo novos lugares da imaginação".

O Startup Day, evento da Universidade de Bolonha, que ocorreria no Palazzo Re Enzo entre as 9h30 e as 20h da sexta, 20, também precisou ser cancelado.

Em seu Facebook, a Livraria infantil Giannino Stoppani publicou: "Agradecemos a todos pelas mensagens de solidariedade que estamos recebendo e pelo afeto que cada um de vocês está demonstrando. Cada pequeno gesto nos é de grande conforto. Nos sentimos próximos e esperamos de coração que possamos reabrir a livraria o quanto antes".

A cidade é conhecida por receber a Feira do Livro Infantil de Bolonha. Reconhecida mundialmente, é uma feira de negócios onde são realizadas conferências, debates, exposições de ilustradores e encontros com autores.

No último mês de março foi realizada a mais recente, na qual o Estadão esteve presente, com mais de mil expositores de 85 países, além de profissionais do mercado editorial que estiveram na Itália para comprar e vender direitos autorais de livros, licenciar produtos, e aprender sobre o segmento do mercado editorial.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades