Dia do Farmacêutico: Os desafios da profissão na pandemia

Por Portal do Holanda

20/01/2021 15h24 — em Saúde e Bem-estar

Foto: Pixabay

Em um momento em que a pandemia de Covid-19 lota hospitais e postos de saúde, as farmácias e drogarias têm se tornado cada vez mais um ponto de apoio aos doentes e seus familiares, e é nesse contexto que se destaca o papel do farmacêutico, cujo dia é comemorado nesta quarta-feira, 20 de janeiro.

Na linha de frente da saúde, esses profissionais têm sido fundamentais não só no desenvolvimento de pesquisas que buscam por fármacos para o combate à doença, mas também nas que resultaram na produção das vacinas que hoje são a esperança da humanidade. Além disso, são eles que atuam na orientação a quem está em busca de medicamentos, no planejamento para que não falte remédios nas prateleiras e, consequentemente, no atendimento à população, para os mais diversos tipos de doenças.

Mercado

Para se ter ideia da importância desses profissionais, dados do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea) apontam que quase todos os farmacêuticos brasileiros estão empregados (94,3%). Em parte, isso pode se dar pelo leque de possibilidades que o mercado permite, defende Sabrine Cordeiro, coordenadora farmacêutica.

“Ser farmacêutico hoje é ter portas abertas em diferentes campos de atuação. Você pode trabalhar em hospitais, drogarias, laboratórios e outros setores. Além disso, é possível também atuar com análises clínicas e em unidades de terapia intensiva. Mas de fato, o setor que mais cresce é o das drogarias”, comenta a profissional.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Saúde e Bem-estar