Bebeu demais? Saiba o que fazer para melhorar da ressaca de Natal

Por Portal do Holanda

25/12/2020 9h26 — em Saúde e Bem-estar

Saiba como curar a ressaca de Natal. Foto: Reprodução

A ressaca de Natal é bem mais comum do que se pensa, não é mesmo? O exagero pode ser da bebida ou de comida e, nesses tempos de Covid-19, também de aglomeração. Confira nossas dicas para melhorar a sua vibe, e o seu corpo, neste dia 25 de dezembro.

Excesso de álcool - Vinho, cerveja e espumante são as bebidas mais comuns nesta época e as que dão mais ressaca também. Se acordou com dor de cabeça, a primeira coisa é se hidratar. Tome muita água para repor os sais mineiras que foram embora. A água de côco também é uma excelente pedida, já que age no organismo como o soro fisiológico.

Se preferir os chás, a recomendação é daqueles detox bem conhecidos. Gengibre com hortelã, erva-picão e Chá Verde, por exemplo, são ótimas pedidas.

Para comer, a ressaca de álcool (e do seu estômgo) precisa de alimentos leves e sem verduras, ou seja nada daquele panetone que sobrou da ceia, hein?! Frutas, legumes e fibras, mais do que nunca, são a melhor opção. Alimentos ricos em potássio e vitamina B6, como banana e kiwi, repõe os sais mineirais.

Café? Nem pensar! Ele não ajuda a melhorar a dor de cabeça nem 'te acorda' e ainda é diurético.

E o que tomar de café da manhã no Natal? Além das dicas que já demos, acrescente ovos cozidos, pão e biscoito água e sal, além de um suco de beterraba. Confira a receita:


Receita de suco de beterraba

1 colher (chá) de raspas de gengibre

1 beterraba descascada e picada

1/2 cenoura picada

Suco de 1 limão

1 dente de alho

200 ml de água filtrada ou água de coco

2 cubos de gelo

Bata tudo no liquidificador. Se quiser, pode adoçar com mel ou açúcar orgânico.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Saúde e Bem-estar