Compartilhe este texto

Tarcísio busca esfriar 2026 e diz que um dia esse glamour vai passar

Por Folha de São Paulo

17/06/2024 12h30 — em
Política



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) voltou a tentar esfriar as especulações de que pode ser candidato à Presidência em 2026, durante cerimônia em homenagem à primeira-dama Cristiane Freitas na manhã desta segunda-feira (17) na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo).

"O pessoal me pergunta muito sobre o futuro e eu respondo com toda a sinceridade: não me importa, não me interessa", disse o governador. Tarcísio afirmou que sabe de onde saiu e que não se importa de voltar para onde veio.

"Os amigos de interesse vão embora, só vão ficar os verdadeiros. Esse glamour vai acabar, a gente vai voltar a ter a vida que nós tínhamos. E vamos ser felizes, porque eu tenho a Cris", completou.

Cristiane Freitas é presidente do Fundo Social de São Paulo, criado em 1968 para instituir programas sociais que atendam pessoas em situação de vulnerabilidade social. Nesta segunda, recebeu o Colar de Honra ao Mérito Legislativo, concedido a pessoas que tenham atuado de forma a contribuir para o desenvolvimento social, cultural e econômico do estado.

A homenagem foi proposta pela deputada estadual Dani Alonso (PL).

Em seu discurso, recheado de referências religiosas, Tarcísio falou sobre todas as vezes em que a mulher o apoiou, inclusive no enfrentamento a um câncer. Disse que, quando o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu que ele se candidatasse ao governo do Estado, Cristiane ficou prontamente ao seu lado.

"A Cris disse ‘você não vai fazer isso né?’ Eu digo ‘vou’. [Ela responde] ‘Se você vai fazer isso, eu vou com você’."

Estiveram presentes na solenidade deputados estaduais, secretários do governo e o Procurador-Geral de Justiça do Estado de São Paulo, Paulo Sérgio de Oliveira e Costa.

Nas últimas semanas, Tarcísio foi fustigado pelo entorno de Bolsonaro, que desconfia que o governador esteja preparando o caminho para se candidatar à Presidência em 2026, escanteando seu padrinho político, que ainda acredita na reversão de sua inelegibilidade.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Política

+ Política