Moraes cita vínculo com invasor do Capitólio ao mandar prender bolsonarista Allan dos Santos

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

21/10/2021 17h05 — em Política

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), citou um trecho da representação da Polícia Federal que aponta vínculo entre Allan dos Santos e um invasor do Capitólio para embasar a prisão do blogueiro bolsonarista.

A PF afirmou que Santos se mudou para os Estados Unidos recentemente e aderiu à tese de que houve fraude nas eleições dos Estados Unidos de 2020, quando Donald Trump, aliado do presidente Jair Bolsonaro, perdeu a disputa pela reeleição.

De acordo com a corporação, a teoria relativa ao pleito americano tem servido de "base de argumentação utilizadas" por bolsonaristas para questionar a lisura das eleições no Brasil.

A ordem de prisão contra Santos foi assinada por Moraes no último dia 5 e tornada pública nesta quinta-feira (21). O magistrado determinou ao Ministério da Justiça e Segurança Pública que dê "início imediato" ao processo de extradição do influenciador bolsonarista, dono do site Terça Livre.

"Nesse ponto, identifica-se articulação de Allan dos Santos com pessoas diretamente envolvidas na invasão ao Capitólio americano em 06 de janeiro de 2021, inclusive utilizando o canal de Jonathon Owen Shroyer (processado por participar dessa invasão) para reiterar e reverberar, dessa vez em solo americano, a difusão de teorias conspiratórias voltadas a desacreditar sistema eleitoral brasileiro, instituições e/ou pessoas", diz a PF no pedido de prisão. Esse trecho foi transcrito por Moraes em sua decisão.

O ministro expediu ofício direcionado ao Banco Central e ao Banco do Brasil para que sejam bloqueadas as contas bancárias do blogueiro.

Moraes também mandou que Ministério das Comunicações e a Casa Civil "procedam o bloqueio de qualquer repasse de dinheiro público" a Santos.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Política