Compartilhe este texto

Jornalista questiona Lula sobre ato pró-Bolsonaro e é vaiada por petistas

Por Folha de São Paulo

26/02/2024 12h00 — em
Política



BRASÍLIA, DF (UOL/FOLHAPRESS) - A militância que acompanhava um evento no Palácio do Planalto vaiou uma jornalista após ela questionar o presidente Lula (PT) sobre o ato feito neste domingo (25) em São Paulo, em apoio ao ex-presidente Jair Bolsonaro.

Lula ficou em silêncio e ignorou o questionamento. As vaias só cessaram depois que a equipe do presidente pediu silêncio para os apoiadores. Mais adiante na entrevista, outra jornalista refez a pergunta, mas ficou igualmente sem resposta dos ministros. Lula deixou a coletiva no meio.

A plateia ainda gritou "Lula presidente" em meio às vaias. O principal adversário político de Lula reuniu uma multidão de apoiadores e aliados políticos na avenida Paulista neste domingo, na capital de São Paulo.

Multidão na avenida Paulista. A SSP-SP (Secretaria da Segurança Pública de São Paulo) informou que o ato pró-Bolsonaro reuniu aproximadamente 600 mil pessoas. Grupo de estudo da USP (Universidade de São Paulo) estimou os participantes em 185 mil.

O programa lançado nesta segunda-feira (26) transforma imóveis da União ociosos em moradias populares. A cerimônia contou com a participação de outros ministros, como Rui Costa, da Casa Civil, e Esther Dweck, de Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, que centralizaram as respostas feitas pela imprensa.

São 483 prédios públicos elegíveis para o programa. Foi uma promessa de Lula para transformar imóveis abandonados em moradia para a população mais carente.

Outros 500 imóveis estão em estudo para possível destinação em 200 municípios. Destes, 68 devem virar parques e instalações de cultura e 49 devem ser destinados para a construção de escolas, universidades e institutos federais.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Política

+ Política