Compartilhe este texto

Bolsonaro desembarca em Congonhas e deve seguir de helicóptero para Eldorado

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

21/01/2022 12h33 — em Política


O presidente da República, Jair Bolsonaro, desembarcou na tarde desta sexta-feira, 21, no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e deve seguir agora de helicóptero para a cidade de Eldorado, no interior do Estado, de acordo com a Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência. Ele vai acompanhar o velório e o enterro da mãe, Olinda Bonturi Bolsonaro, que morreu na madrugada desta sexta, aos 94 anos.

Bolsonaro realizava sua primeira viagem internacional em 2022, mas cancelou a agenda. Desde a quinta-feira, 20, o presidente estava no Suriname, onde se reuniu com autoridades locais para tratar de cooperação econômica no setor de petróleo e gás. Ele viajaria nesta sexta para a Guiana.

O chefe do Executivo irá para Eldorado, onde a mãe vivia, na companhia da primeira-dama Michelle e do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), seu filho primogênito.

Dona Olinda estava internada em um hospital de Registro, no interior de São Paulo, desde a segunda-feira, 17. A causa da morte não foi informada.

"Com pesar o passamento da minha querida mãe. Que Deus a acolha em sua infinita bondade", escreveu Bolsonaro no Twitter, ao publicar um vídeo em que a família aparece na companhia de dona Olinda.

Bolsonaro se encontraria nesta sexta-feira com o chefe do Executivo da Guiana, Irfaan Ali, para tratar de relações bilaterais e cooperação econômica. Em sua primeira viagem internacional neste ano, o presidente se reuniu nesta quinta-feira, 20, com o líder do Suriname, Chandrikapersad Santokhi, na sede do governo local.

Após o encontro com o surinamês, Bolsonaro afirmou que o Brasil pode cooperar com o país vizinho na prospecção de petróleo e gás, por meio da Petrobras. Recentemente, foram descobertas reservas de hidrocarbonetos tanto no Suriname quanto na Guiana.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Política

+ Política