Aécio e Dilma receberam R$109 milhões de empresas investigadas pela operação Lava Jato

Por Portal do Holanda

26/11/2014 19h39 — em Política

Empreiteiras ligadas a esquema de lavagem de dinheiro, na Petrobras, doaram, aproximadamente, R$109 milhões a Dilma Rousseff e Aécio Neves, durante o período das eleições. As informações foram divulgadas pelo jornal "Estado de S. Paulo".

Conforme foi levantado pelo jornal, considerando o valor arrecadado durante o período eleitoral, um em cada cinco reais recebidos pelos candidatos em suas campanhas partiram das empreiteiras investigadas pela Operação Lava Jato.

As doações das empreiteiras, investigadas pela Operação Lava Jato, não foram direcionadas apenas aos dois principais candidatos presidenciáveis. Além de Dilma e Aécio, os outros candidatos à presidência receberam recursos de oito empresas, acumulando um total de R$182 milhões. Com isso, empreiteiras investigadas direcionaram ao menos R$250 milhões para campanhas eleitorais.