Universitária é assassinada com sete tiros disparados pelo companheiro

Por

23/06/2014 11h03 — em Policial

Manaus/AM - Luana Berenice Gonzaga das Neves, 21, foi morta com sete tiros, por volta das 22h de sábado. Luana era estudante do curso de Geografia da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e vivia com Adriano Rolim da Silva, que a assassinou, há cerca de três meses.

O assassinato aconteceu na rua 21, no conjunto Hileia 2, zona Oeste. Vizinhos relatam que ouviram discussão durante o dia entre o casal e o assassinato foi presenciado pelo filho do homicida, de 4 anos, que também foi agredido com uma coronhada pelo próprio pai.

Os tiros foram disparados pelo companheiro de Luana, Adriano Rolim da Silva, que tem registro policial e era egresso do sistema penitenciário onde cumpria pena por dois assassinatos motivados por disputa no tráfico de drogas. Ele está foragido.

No site do TJAM constam processos contra Adriano Rolim da Silva que vão desde tráfico, associação para tráfico, formação de quadrilha, roubo, homicídio e corrupção de menores.