Preso que denunciou plano para matar Secretário de Segurança é morto

Por

29/06/2014 14h14 — em Policial

 

 MANAUS - Uma carta encaminhada ao Secretário de Segurança Pública do Amazonas teria sido a causa da morte de um detento na Penitenciária Anísio Jobim, localizado na BR-174, Zona Rural de Manaus.

>>>IMAGEM DE SANGUE. CLIQUE SE NÃO TIVER RESTRIÇÕES<<<

Na carta, o detento esclarece pertencer ao PCC (Primeiro Comando da Capital) e denuncia um plano que teria sido arquitetado pela FDN (Família do Norte) comandada por José Roberto de dentro da cadeia. O plano incluia a morte do Secretário Paulo Roberto Vital, além de familiares e outros policiais.

Além do alerta, ele também dá detalhes sobre onde estariam escondidas as armas dos detentos dentro da cadeia, além de 300 celulares da marca BlackBerry utilizados para a comunicação dos detentos para articular as ações da facção. E o mais grave: agentes penitenciários estariam a serviço dos presos.

>>>IMAGEM DE SANGUE. CLIQUE SE NÃO TIVER RESTRIÇÕES<<<

Ao realizar a denúncia, o detento acabou pagando com a própria vida. Abaixo a carta na íntegra:

 

MANAUS -