Familiares acusam polícia após morte de adolescente no Cacau Pirêra, no Amazonas

Por Portal do Holanda

28/07/2021 14h03 — em Policial

Gabriel tinha sonho de ser jogador de futebol - Foto: Reprodução

Manaus/AM - Familiares querem Justiça pela morte de Gabriel e acusam a polícia de ter atirado no adolescente de 12 anos, durante uma intervenção policial, na noite de terça-feira (27), no Distrito de Cacau Pirêra, em Iranduba. 

Segundo relatado pela tia do menino, Valesca Freitas, ele e o irmão estavam com o padrasto quando policiais invadiram e chegaram atirando na casa. Os três 'caíram' dentro do rio para se proteger foi quando Gabriel teria sido atingido e desaparecido na água. 

"Lá por fora já tinha policiais abaixados. Eles estavam 'metendo tiro' por debaixo da casa. Foram os tiros que pegaram no Gabriel. O pequeno conseguiu sair com vida e ele (Gabriel) sumiu", contou. O cachorro da família também foi morto por policiais, segundo ela. 

Ainda de acordo com a mulher, o menino foi atingido no peito, pescoço e nas pernas. O corpo foi encontrado na manhã desta quarta-feira (28). Familiares chegaram a filmar as marcas das balas no corpo da criança

"Nós queremos Justiça", pediu ela que informou que a mãe do adolescente está abalada. Durante a ação policial, o padrasto de Gabriel foi preso. 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial