Falso voluntário é preso por desviar R$ 100 mil de ONG na pandemia em Manaus

Por Portal do Holanda

23/07/2021 12h01 — em Policial

Crise de oxigênio resultou em mortes em Manaus durante pico da pandemia. Foto: Reprodução/ Pixabay

Manaus/AM - Apontado como suspeito de desviar R$ 100 mil que seria destinado para uma ONG que ajuda pacientes com covid, César Mirabel da Silva, 33, que usava o nome falso de Júlio Cesar Ferrezo foi preso nessa quinta-feira (22), no bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus.

De acordo com a polícia, o homem pretendia roubar R$ 2 milhões da ONG. “O dinheiro seria revertido para a compra de cilindros de oxigênio no estado. O suspeito criou um nome falso, abriu conta bancária e começou a anunciar por meio de rede social, pedindo para que as pessoas depositassem doações nessa conta, sendo que a conta não fazia parte das listadas pela ONG para receber o dinheiro”, disse o delegado Guilherme Torres, titular da Delegacia Especializada em Combate à Corrupção (Deccor).

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito começou a ostentar um padrão de vida que não era o dele. “Ainda encontramos documentos da reforma de uma casa. Ele usava todo dinheiro em recurso próprio. Ainda estamos investigando”, completou Torres.

No entanto, o delegado lembrou que a população acredite em ONGs que realizam esse tipo de trabalho para que pacientes não sejam prejudicados. Ele lembra apenas que a pessoa tenha cuidado e confirme sempre os dados antes de transações. É preciso saber se a associação tem CNPJ, por exemplo.

Após ser constatada participação do suspeito no ato criminoso, foi representado à Justiça pelo mandado de prisão preventiva em nome dele e a ordem judicial foi expedida no dia 19 de julho deste ano, pela juíza Lídia de Abreu Carvalho Frota, do Plantão de Inquéritos.

O suspeito foi indiciado por estelionato e após os procedimentos cabíveis na Especializada, ele será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial