Compartilhe este texto

Bonates mandou rastrear autoridades do judiciário e MP-AM com sistema de grampos

Por Portal Do Holanda

11/05/2022 15h24 — em
Policial



A gestão de Louismar Bonates na Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) foi alvo da denominada Operação ‘Garimpo Urbano’, que apontou um sistema de grampos que fariam rastreamento de autoridades do Judiciário e do Ministério Público do Estado entre 2020 e 2021

A que foi chamada de ‘Maleta Espiã’, também conhecida como ‘Sistema Guardião’ de interceptação telefônica e de dados, era operada pela cúpula do SSP-AM e foi apreendida em mandado judicial a pedido do MP-AM e encaminhada à Polícia Federal (PF) para perícia técnica, em 9 de julho de 2021.

A operação resultou ainda na apreensão de documentos e equipamentos eletrônicos e na prisão do ex-secretário- executivo adjunto de Inteligência da SSP Samir Garzedim Freire e mais três investigadores da Polícia Civil (PC).

Samir, diretor da Secretaria Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), considerado o homem forte da SSP, foi acusado de chefiar uma organização que atuava no roubo de ouro legal e ilegal a partir de extorsão e ameaças a de garimpeiros e empresários sob ameaça de plantar provas sobre drogas contra eles.

Em depoimento, em 29 de julho de 2021, Samir afirmou que ex-secretário Bonates tinha especial interesse na chamada ‘Maleta Espiã’, que por isso foi “criada uma lei dizendo que tudo que fizesse deveria reportar a Bonates.

Outra revelação de Samir mostrou que a maleta não tinha uso apelas pela Seai, “mas também pela própria SSP diretamente, juntando documento de uma das oportunidades em que isto ocorreu, mediante termo de responsabilidade, vez que fornecia para a SSP a maleta porque tinha subordinação ao secretário e cumpria ordens dele neste sentido de fornecer a maleta.”


O Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP-AM informou, no pedido de prorrogação da prisão temporária de Samir Freire e dos investigadores Adriano José Frizzo, Jarday Bello Vieira e André Silva da Costa, na Operação Garimpo Urbano,  aguardar a perícia da PF tanto sobre as suspeitas de “monitoramento informacional de pessoas ligadas ao transporte de ouro quanto para o monitoramento de autoridades públicas do Judiciário, do Ministério Público e da própria Polícia Civil”.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Policial

+ Policial