Siga o Portal do Holanda

Operação Nascituro

Médico é preso suspeito de praticar abortos em clínica clandestina em Manaus

Publicado

em

Divulgação

Manaus/AM - O médico Antônio Cabede foi preso na manhã desta quarta-feira (10), em Manaus, suspeito de atuar em uma clínica de aborto clandestina, durante a Operação Nascituro.

Segundo a polícia, o médico foi preso após o Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) receber uma denúncia. As investigações duraram cerca de 30 dias. 

A Operação Nascituro cumpriu dois mandados de prisão temporária, contra o médico Antônio e sua esposa, além de mandados de busca e apreensão em dois endereços do casal. O MP-AM não confirmou se a companheira do médico foi presa.

No local onde os atendimentos eram feitos, no conjunto de Beija Flor, bairro de Flores, Zona Centro-Sul, com estrutura de recepção e atendimento médico, foram encontrados materiais hospitalares, instrumentos cirúrgicos e equipamentos próprios para a execução de abortos. A polícia também encontrou equipamentos para incineração com resíduos de material hospitalar descartado.

Cabede é ex-sócio do também médico Durval Herculano Carriço de Almeida, já falecido, que ficou conhecido por prática de abortos na capital.

 

 

 

Facções criminosas com poder de influenciar eleição para prefeito de Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.