TCE manda Sidônio devolver R$ 12 milhões

Por

01/03/2012 15h51 — em Amazonas

Manaus - O ex-prefeito de Tefé, Sidônio Gonçalves, terá 30 dias para devolver aos cofres públicos a importância de R$ 12 milhões e 242 mil. Ele teve suas contas exercício 2007  reprovadas pelo Pleno do TCE na manhã desta quinta-feira, quando a Corte  acompanhou o relator da matéria, o conselheiro Ari Moutinho.  Sidôni ainda foi penalizado com multas que chegam a R$ 34 mil.


Sidônio Gonçalves, que foi considerado revel (não apresentou defesa), ainda terá ainda de responder na Justiça a uma ação de improbidade administrativa, que deverá ser movida pelo Ministério Público Estadual.

Tanto o órgão técnico como o Ministério Público de Contas  emitiram parecer pela irregularidade das contas de Sidônio Gonçalves.

 

NULL