Siga o Portal do Holanda

Pauderney abre canal direto com a população

Publicado

em

Por


Como a Internet é um espaço para conversar, interagir, debater e trocar ideias, a campanha do candidato a prefeito pelo Democratas, Pauderney Avelino, da coligação “Renova Manaus”, tem vários canais de interatividade com o público-internauta, conectado na tecnologia e nas mídias sociais.

Uma das ferramentas lançadas recentemente pelo prefeiturável tem sido bem acessada pela população e incluída na agenda de Pauderney para visitas “in loco” aos problemas apontados pelos cidadãos. Trata-se do site pauderney.com.br., onde a grande novidade da campanha é o movimento “Chame o Pauderney”.

Ao entrar no endereço, o internauta pode apontar qual a bronca – infraestrutura, educação, segurança, saúde, trânsito/transporte, e outros – indicando o bairro e endereço. Do dia 2 até 14 de agosto, o “Chame o Pauderney” recebeu mais de 40 pedidos e reclamações, sendo a maioria quanto à infraestrutura da capital. Em segundo e terceiro lugares ficaram, respectivamente, segurança e saúde.

As interações vem de várias zonas do Município e tem demandas desde o bairro da Zona Centro-Sul, Nossa Senhora das Graças, até o Zumbi, na Zona Leste, passando pelo Armando Mendes, Flores, São Geraldo, Glória, Coroado, entre outros.

Francisco dos Santos Pereira, do N.S. das Graças, lembrou que no Beco do Canavial a ponte está caindo aos pedaços, colocando em risco muitos alunos de escolas que atravessam por lá diariamente. “Uma criança caiu e se machucou. É um perigo enorme, e os estudantes dos colégios Raimundo Nogueira, João Santos Braga e Humberto Filho passam por aqui”, reclamou.

As insatisfações continuam com as ruas esburacadas, falta d’água, poucos ônibus rodando em bairros como o Zumbi, problemas na coleta do lixo e tráfico de drogas. Marcelo Santos, lá do Zumbi, pediu no site atenção para escolas integrais para as crianças. “Hoje temos que pagar para alguém ficar com os nossos filhos para podermos ir trabalhar”, disse o morador.

“Vamos fazer as creche necessárias para atender as crianças menores, em tempo integral. E já pequenas elas terão acesso a outro idioma, tendo aulas no currículo escolar básico”, afirmou Pauderney. Um chamado que o candidato fez visita “in loco” foi na comunidade da Sharp, no início do mês.
 

NULL

+

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.