Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Funcionário do Tjam preso acusado de extorsão

Publicado

em

Por

Carlos Pedro da Silva Vieira, funcionário do Tribunal de Justiça do Amazonas, que se passava  por comissário e oficial de Justiça, foi preso ontem à noite acusado de extorsão. Ele   usava o carro oficial do Tribunal, um Ford modelo Fiesta, de placa NOR-3810. Carlos foi preso em flagrante em frente a um supermercado na avenida Torquato Tapajós, quando exigia  R$ 15 mil para liberar a Pickup S-10, de placa OAB-9520 Prata, de propriedade de Edson Macena de Alencar, apreendida por Carlos ilegalmente. Os policiais da Força-Tarefa o prenderam na hora em que se encontrava com a vítima. Foi preso ainda e levado ao 12º DIP para esclarecimentos José Valdinei Alves de Lima, caminhoneiro de 23 anos, que fazia companhia para o acusado no local da prisão.


Segundo os investigadores, José Valdinei Alves de Lima sabia que Edson Macena de Alencar desviava combustível de uma empresa  e  que vendia o produto do roubo. Ele teria chamado Carlos Pedro da Silva Vieira, que é funcionário do tribunal, cadastrado como auxiliar de judiciário 2, para fazer uma espécie de flagrante, que na verdade seria uma extorsão.

Os dois abordaram a vítima com oveículo do tribunal de justiça e o acusaram de desvio de combustível. Em seguida teriam  pedido a importância de R$ 30 mil. Sem dinheiro, a vítima entregou como garantia sua pickup, até arrecadar a quantia pedida.

Após investigação dos agentes da Força-Tarefa, a caminhonete foi encontrada no pátio de uma empresa do distrito industrial, sem saber que o veículo já havia sido encontrado e a vítima  se encontrava com a polícia, Carlos Pedro continuava pedindo dinheiro. Foi marcado um encontro para pagar a quantia e o acusado  preso em flagrante.

Segundo o diretor de Polícia Metropolitana de Manaus, Emerson Negreiros, ainda há dois policiais militares envolvidos, que serão ouvidos pela corregedoria da Secretaria de Segurança Pública e poderão responder na justiça militar.
Edson Macena de Alencar, que se diz vítima do falso oficial de justiça, será também investigado por crime pelo desvio de combustível.

Veja Também

NULL

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.