Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Fametro pode ter que indenizar ex-aluno

Publicado

em

Por

Manaus ( Portal do Holanda) - O estudante  André Silva da Costa  ingressou com ação de perdas e danos contra   a Faculdade Metropolitana de Manaus (FAMETRO). Ele quer  uma indenização de   R$ 23 mil por ter sido obrigado a pagar mensalidades em duplicidade.

O estabelecimento de ensino é do empresário Wellington Lins. O processo tramita na 7ª Vara do Juizado Especial Cível, no Fórum Desembargador Mário Verçosa.


André  alega que foi aluno do curso de pós-graduação de segurança pública e direito humano, sendo este ministrado no período de 18 meses, terminando em fevereiro. Mas ao se dirigir a Fametro atrás do certificado, mesmo sabendo que ainda estava com débito de hum mil real, foi informado de que a divida era  bem maior, de R$ 1.930, e só pegaria o certificado depois da quitação.

Como precisava do certificado para ter um aumento no salário, o policial fez o pagamento, mas dias  depois conseguiu encontrar o carnê que comprovava  ter pago as mensalidades cobradas em duplicidade. Ao se dirigir a Fametro para reaver o dinheiro,  foi informando que teria de pagar uma taxa de R$ 30,00 para que seu requerimento de reembolso fosse analisado.

Revoltado, o policial resolveu ir a Justiça para processar a Fametro, por perdas e danos e cobrar o pagamento de indenização de R$ 23 mil.

NULL

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.