A desmoralização do sistema prisional

Por

15/04/2012 20h02 — em Editorial

...O que se assiste  hoje no Amazonas não é  apenas uma sucessão de fatos envolvendo prisioneiros que parecem saídos de filmes  policiais, com toda a artimanha de criminosos que fazem planos e empreendem fugas espetaculares. Mas a decadência de um sistema cuja maior doença é a corrupção de agentes, conluio entre policiais e presos e uma semalhança entre alguns deles. Há casos em que não se sabe quem é mais perigoso.

 


A fuga de seis detentas do Complexo Penitenciário Anísio Jobim desmoraliza o sistema prisional. Mais do que empreenderem fuga, as presas roubaram o dinheiro que seria destinado ao pagamento de outras detentas por serviços que prestam no interior da penitenciária.  Quer dizer, o Compaj foi assaltado.

Obviamente que a fuga contou com a ajuda de funcionários da penitenciária, sem a qual não haveria tanta facilidade na execução  do plano.

Esse é o segundo episódio envolvendo fuga de presos em menos de duas semanas. No primeiro dois alvarás falsos foram usados para libertar  latrocidas. E nos dois casos o sistema se revelou falho, inoperante e viciado.

O que se assiste não é  apenas uma sucessão de fatos envolvendo prisioneiros que parecem saídos de filmes  policiais, com toda a artimanha de criminosos que fazem planos e empreendem fugas espetaculares. Mas a decadência de um sistema cuja maior doença é a corrupção de agentes, conluio entre policiais e presos e uma semalhança entre alguns deles. Há casos em que não se sabe quem é mais perigoso.


Raimundo Holanda

NULL

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.