Siga o Portal do Holanda

Artur assina carta-compromisso da Arquidiocese

Publicado

em

Por

Sob o discurso de uma política mais participativa e voltada para as necessidades da parcela menos favorecida da sociedade, na manhã desta quarta-feira (29), o candidato a prefeito de Manaus pela coligação “O futuro é agora”, Artur Virgílio Neto assinou o documento, intitulado Carta Compromisso, proposto pela Arquidiocese de Manaus.

O documento foi elaborado em parceria com a Cáritas Arquidiocesana de Manaus e demais pastorais sociais, entre elas, Pastoral da Saúde, da Juventude, Carcerária, Indígenas e outras que formam o movimento “O Grito dos Excluídos”.  O objetivo, segundo o coordenador das pastorais sociais, padre Alcimar Araújo, é fazer um apelo para que os candidatos a prefeito se voltem para políticas públicas de assistência básica, como aumentar o investimento no setor primário da saúde, construção de casas populares, melhorar o sistema de transporte coletivo, investir em educação, políticas voltadas para o desenvolvimento dos jovens, entre outras metas.

“Este é um momento de democracia e, hoje, a Igreja Católica desenvolve papel fundamental nas eleições municipais, porque acreditamos em um estado laico e politicamente consciente. Aqui não queremos levantar bandeira a nenhum candidato e sim criar mecanismos para que a população conheça cada um e possa ter critérios para fazer sua escolha”, disse o arcebispo de Manaus Dom Luiz Soares Vieira deu início à cerimônia de assinatura da Carta Compromisso, na qual estiveram presentes candidatos e demais representantes da disputa eleitoral municipal deste ano.

 “O Grito dos Excluídos é uma manifestação popular carregada de simbolismo. É um espaço de animação e profecia sempre aberto a grupos, entidades, igrejas e movimentos sociais comprometidos com a causa dos excluídos, com os temas urgentes da sociedade”, destacou o diretor da Pastoral da Comunicação, padre Anselmo Dias.

Antes de assinar o compromisso perante representantes da igreja e da sociedade organizada, Artur agradeceu o convite e disse lembrar com orgulho do seu tempo de jovem “baderneiro”, que lutava com os movimentos sociais por uma sociedade mais justa, a exemplo do que também promove a igreja católica, auxiliando a sociedade mais carente e transformando-a em cidadãos.

“Aqui eu não ouso pedir voto, diante de pessoas tão capacitadas e politizadas, só expresso o meu respeito e admiração pelo trabalho que desenvolvem, pois conhecem o caminho de como se tornar verdadeiros eleitores”, declarou.

Consciência política

Católico praticante e assessor arquidiocesano da Pastoral da Juventude, Edney Mendonça, 33, disse que o principal trabalho desse segmento da Igreja Católica é trabalhar na formação do jovem integral, envolvendo religião, cidadania e direitos humanos. O jovem critica a falta de interesse dos governantes pelas causas da juventude, lembrando que nem a segunda Conferência Nacional da Juventude, realizada no ano passado, foi capaz de desenrolar o andamento junto a Câmara Municipal de Manaus do projeto que prevê a criação do Conselho Municipal da Juventude.

“Em iniciativas como essa da Carta Compromisso esperamos que o futuro prefeito possa implementar políticas direcionadas aos jovens, respeitando sua integridade e incentivando sua participação nas decisões políticas da cidade”, revelou.

Marciana Rodrigues Paiva participa da Pastoral Indígena da Comunidade Perpétuo do Socorro, localizada na Compensa, Zona Oeste de Manaus. Ela chama atenção para a desvalorização da cultura indígena e para o atual estado de abandono em que se encontram as comunidades indígenas da cidade. “É preciso que a Prefeitura resgate a educação bilíngue dos povos indígenas e invista em programas diferenciados de saúde e moradia para os povos que vivem nas áreas urbanas. Isso é uma questão de respeito a história do nosso Estado”, defende.
 

NULL

+

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.