Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Em Manaus, viúva de homem com suspeita de coronavírus faz apelo para enterrar o corpo

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Manaus - AM - Familiares de Carlos Augusto Pereira, 46, que morreu com suspeita de coronavírus nesta sexta-feira (27), no Hospital Delphina Abdel Aziz, pedem ajuda para liberar o corpo que encontra-se no Instituto Médico Legal (IML).

De acordo com sua esposa identificada por Eliza, Carlos sofria de asma e começou a ter sintomas supostamente da covid-19 há duas semanas. Ele estava em isolamento dentro de casa, mas na madrugada desta sexta, passou muito mal e acabou sendo internado.

"Ele vinha se medicando direitinho, mas nessa madrugada ele ficou muito mal e mesmo fazendo inalação não estava respirando direito. Ele foi primeiro no Hospital João Lúcio, fez tres inalação e não resolveu", disse.

Ela acredita que o marido tenha morrido de covid-19, mas o laudo confirmando o caso ainda não foi apresentado para ela. "Uns me diziam que era pneumonia, outros H1N1. Ai transferiram ele para o Hospital Delphina, mas me disseram que não podiam me falar o porque estavam mudando ele de unidade de saúde. Levaram ele entubado pra UTI e depois ele morreu", comentou.

Eliza pede ajuda para que a funerária possa buscar o corpo, que foi liberado pelo IML desde as 16h11. " A funerária não veio pegar o corpo, acho isso uma falta de respeito com a gente. Se a caso ele tiver coronavírus conforme o laudo amanhã eu não vou aceitar, porque o IML liberou e disse que eu poderia levar o corpo. Queremos velar", finalizou.

O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) realizou a coleta de amostras biológicas do paciente e o resultado ficará pronto neste sábado (28).


Últimas notícias

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.