Compartilhe este texto

Putin parabeniza tropas pela 'libertação' da região de Luhansk na Ucrânia

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

04/07/2022 10h03 — em
Mundo



SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, parabenizou nesta segunda-feira (4) as tropas russas pela "libertação" da região ucraniana oriental de Luhansk, um marco significativo para Moscou em sua campanha militar na Ucrânia.

Em uma reunião televisionada com o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, Putin disse que as tropas envolvidas na operação de captura da região de Luhansk deveriam descansar, mas que outras unidades militares deveriam continuar lutando.

A Rússia reivindicou no domingo (3) o controle de toda a região de Lugansk, no leste da Ucrânia, após a conquista da cidade estratégica de Lysychansk ao custo de intensos combates. Ao mesmo tempo, o governo russo acusou a Ucrânia de ter disparado três mísseis contra uma cidade russa perto da fronteira entre os dois países, matando três pessoas.

Mapa Rússia invade a Ucrânia - 26.02.2022 - Arte UOL - Arte UOL

Imagem: Arte UOL

O exército russo prossegue nesta segunda com os bombardeios no leste da Ucrânia e avança com o plano de conquistar toda a região do Donbass após a queda cidade estratégica de Lysychansk, no momento em que começa uma conferência internacional na Suíça para traçar um roteiro para a reconstrução da Ucrânia.

Após a tomada de Lysychansk, peça central do plano de conquista desta bacia industrial do Donbass, majoritariamente russófona e controlada parcialmente pelos separatistas pró-Rússia desde 2014, o exército russo parece concentrar agora os esforços em Sloviansk e Kramatorsk, duas importantes cidades situadas mais ao oeste, que foram atingidas sem trégua desde domingo.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Mundo

+ Mundo