Premiê da Dinamarca chora por ter autorizado morte de animais saudáveis

Por Portal do Holanda

26/11/2020 20h54 — em Mundo

Foto: Reprodução / Vídeo Reuters

A primeira-ministra da Dinamarca, Mette Frederiksen, pediu desculpas por ter autorizado a morte de milhões de visions que viviam em criadouros. A medida no país foi tomada a fim de evitar mutação da Covid-19 entre os roedores.

O discurso foi feito durante a visita a uma fazenda, onde todos os milhares de animais haviam sido sacrificados, mesmo estando todos saudáveis. Mette precisou parar várias vezes para enxugar as lágrimas. "Não tenho problemas em me desculpar pelo curso dos acontecimentos, já que erros foram cometidos", disse Frederiksen à TV2.

Segundo a AFP, havia informações de que visions poderiam prejudicar a eficácia de futuras vacinas. Dias depois, o Governo afirmou que não havia base jurídica para a ordem da medida, foi quando Mogens Jensen, ministro da agricultura, acabou renunciando o cargo; já o Ministério da Saúde disse que a ameaça potencial às vacinas humanas estava "muito provavelmente extinta", pois não houve mais casos de animais ou humanos infectados por essa versão do vírus.


+ Mundo