Biden anuncia sanções contra grupo que tomou o poder em Mianmar

Por Portal do Holanda

10/02/2021 17h01 — em Mundo

Presidente dos EUA disse que vai identificar os nomes mais ligados ao levante que derrubou o governo birmanês - Divulgação

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta quarta-feira (10) sanções ao grupo responsável por promover um golpe militar em Mianmar no início do mês.

Segundo um site de noticias do Globo, conforme Biden, em um primeiro momento a Casa Branca vai identificar os participantes do movimento golpista e, então, impor controles às exportações americanas ao país asiático. Além disso, Biden disse que a Casa Branca está tomando medidas para impedir que os generais golpistas tenham acesso a fundos americanos no valor de US$ 1 milhão.

"Porém, vamos manter nosso apoio aos serviços de saúde, aos grupos de sociedade civil e outras áreas que beneficiem diretamente o povo de Mianmar", disse.

Ao anunciar as sanções, Biden disse que vai pedir aos militares que libertem imediatamente as lideranças políticas presas. Entre os detidos, está a principal líder do país, Aung San Suu Kyi, presa por militares em 1º de fevereiro. O presidente dos EUA afirmou, ainda, que as Forças Armadas devem devolver o poder ao governo destituído.

"Enquanto os protestos aumentam, a violência contra aqueles lutando por seus direitos democráticos é inaceitável e vamos continuar chamando atenção para isso. O povo de Mianmar está fazendo sua voz ser ouvida e o mundo está assistindo", declarou Biden.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Mundo