Sargento da PM e mais quatro são presos suspeitos de matar cabeleireira em Manaus

Por Portal do Holanda

18/03/2020 17h55 — em Policial

Foto: Divulgação

Manaus/AM - Cinco pessoas, investigadas pela participação no homicídio da cabeleireira Beatriz Lima da Silva, 24, foram presas na manhã desta quarta-feira (18).  O crime ocorreu no dia 28 de janeiro deste ano, na comunidade Alfredo Nascimento, bairro Cidade de Deus, zona norte da capital.

A ação policial, coordenada pela delegada-geral, Emília Ferraz, pelo delegado-geral adjunto, Tarson Soares, e pelo titular da DERFD, delegado Aldeney Goes, culminou nas prisões dos irmãos, que são empresários de nacionalidade peruana, Martín Najor Moreno Bravo, 41, que era companheiro da vítima; e Oliver Elias Moreno Bravo, 53; além das prisões de Fábio da Silva Areque, 29, da irmã dele, Fabíola Ferreira Areque, 27, e do sargento da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) Junio César Corrêa da Silva, 45.

Prisões – Conforme o titular da DERFD, Martin foi preso rua 7, bairro Cidade de Deus, zona norte. O mandado de prisão em nome de Oliver foi cumprido em um condomínio situado no bairro Ponta Negra, zona oeste. O sargento Junio Cesar foi preso em um condomínio no bairro Santa Etelvina, zona norte. Já os irmãos Fabíola e Fábio foram presos na comunidade Bom Jesus, Km 25 da rodovia AM-010.

As ordens judiciais foram expedidas no dia 14 de março deste ano, pelo juiz George Hamilton Lins Barroso, da Central de Plantão Criminal.

Investigação – De acordo com o titular da especializada, na ocasião do crime, a cabeleireira estava saindo da residência dela quando foi atingida por disparos de arma de fogo, efetuados pelo companheiro de Fabíola, identificado como Ageu Nobre Ramalho, 32, que está sendo procurado pela polícia. Após consumar o delito, o infrator subtraiu o aparelho celular e a bolsa da vítima, e, em seguida, empreendeu fuga do local.

De acordo com Aldeney Goes, as investigações apontam que o sargento da PMAM, que trabalhava como segurança para os empresários Martín e Oliver, contratou Ageu para executar o crime, que incialmente tinha características de latrocínio.

“A princípio, as circunstâncias do delito indicavam latrocínio. Após as diligências, constatamos que se tratava de homicídio. Estamos trabalhando com a hipótese que Martín, que era companheiro da vítima, ter mandado matar a mulher por ele ter descoberto um suposto caso extraconjugal da companheira, mas ainda estamos em diligências em torno do caso e não descartamos que pode ter outra motivação para o crime. Estamos analisando todas as linhas de investigação”, explicou o titular da DERFD.

Goes destacou que as prisões dos irmãos Fabíola e Fábio ocorreram para aprofundar o envolvimento deles no delito, vez que mantinham relação direta com o procurado Ageu.  Após o delito, Ageu se escondeu na casa da companheira e do irmão, localizada na rodovia AM-010.

Procedimentos – Os cinco indivíduos ficarão presos temporariamente por 30 dias, podendo o prazo ser prorrogado. Martín, Oliver, Fabíola e Fabio serão levados para Central de Recebimento e Triagem (CRT) de onde será feita a audiência de custódia por videoconferência. Já Junio César foi levado para o Batalhão de Guarda da PMAM.

Nota PMAM – A Polícia Militar do Amazonas informa que serão tomadas todas as medidas cabíveis em relação à prisão do sargento da PM em cumprimento ao mandado de prisão, na manhã desta terça-feira (17).

A Corporação informa ainda que será instaurado um procedimento administrativo pela Diretoria de Justiça e Disciplina (DJD) da Instituição e que todos os elementos apresentados durante o processo investigatório serão rigorosamente apurados na forma que o caso requer, resguardando ao policial o direito ao contraditório e à ampla defesa.

A Polícia Militar não compactua com comportamentos que contrariem a lei e a ordem, prezando sempre pelo bem comum, com o dever de servir e proteger a sociedade.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial