Ratinho e Sbt são condenados a pagar R$ 150 mil por ofensa à igreja de gays

Por Portal do Holanda

06/11/2014 16h01 — em Famosos & TV

Ratinho e o Sbt terão que desembolsar R$ 150 mil para pagar indenização ao pastor chileno Victor Orellana, fundador da Igreja Acalanto, a primeira voltada ao público homossexual no Brasil.

O Superior Tribunal de Justiça condenou o apresentador e a emissora por danos morais e cada um terá que pagar R$ 75 mil. Na ocasião, Ratinho disse que a igreja era frequentada por “viadinhos” e “viados” e que não tinha filial, mas “viadal”.

O processo corre na justiça desde 2003 e tanto Ratinho quanto o Sbt entraram com o recursos contra a decisão.