Pugliesi não tem anticorpos de Covid, 9 meses após contrair o vírus

Por Portal do Holanda

27/11/2020 21h19 — em Famosos & TV

Gabriela Pugliesi passou tempos sumida após polêmica por festinha durante a pandemia. Foto: Reprodução/Instagram

Uma das primeiras das famosas brasileiras a contrair a Covid-19, em março deste ano, Gabriela Pugliesi não está imune ao vírus. A musa fitness que passou um tempo sumida após uma polêmica festinha durante a pandemia, contou aos seguidores que não tem anticorpos para o vírus. 

"Só pra falar que saiu resultados e eu não tenho mais os anticorpos do coronavírus. Não estou imune, tá? Já peguei e posso pegar de novo. Mais um argumento para você ficar em casa e não fazer festa e oba oba", disse.  "Não sei se já tive (anticorpos) algum dia, porque não tinha feito [o teste]  IGG até hoje", acrescentou. 

A influenciadora falou também sobre as sequelas que ainda enfrenta por conta da doença que contraiu provavelmente após o casamento da irmã, em Itacaré, na Bahia, que foi responsável por propagar a doença e aumentar os casos notificados no início da pandemia no Brasil

 "Tenho um mínimo resquício no pulmão, que saiu também o resultado da tomografia de tórax que fiz ontem. Falei que até hoje tenho um pouco de falta de ar, com certeza deve ser sequela do corona, mas deu baixo, menos de 1%. Nas minhas noias, talvez vá em um pneumologista. Vim falar porque muita gente perguntou do resultado", disse. 

"Deixa eu explicar melhor. Apareceu um negócio que chama vidro fosco, que é normal para quem teve Covid. É uma das sequelas. Muita gente ficou. É chato porque dá essa falta de ar, você quer ar e não vem. Mesmo que esteja pequena no laudo, não está grave, vou procurar ir em um pneumologista. Mas é uma sequela do Covid", contou.


+ Famosos & TV