Compartilhe este texto

George Santos, deputado expulso da Câmara dos EUA, vai ganhar filme da HBO

Por Folha de São Paulo

03/12/2023 15h30 — em
Famosos & TV


Foto: Divulgação

A HBO Films está trabalhando em um filme sobre George Santos, primeiro deputado expulso da Câmara dos EUA em 20 anos. É também o primeiro político a perder o mandato sem ter sido condenado antes na Justiça.

O filme será baseado no livro "The Fabulist: The Lying, Hustling, Grifting, Stealing, and Very American Legend of George Santos" ("O Fabulista: A Mentira, a Trapaça, a Fraude, o Roubo e a Lenda Muito Americana de George Santos" em tradução livre), de Mark Chiusano, lançado em 28 de novembro.

De acordo a Variety, a produção será de Frank Rich, que também foi produtor executivo das séries da HBO "Veep" e "Succession". Já Mike Makowsky, roteirista de "Má Educação", foi escolhido para fazer o roteiro do filme sobre Santos.

O longa é descrito como uma "investigação forense e uma visão sombriamente cômica" da corrida eleitoral para o Congresso em Long Island, NY, que levou à eleição de Santos. Ele foi o primeiro republicano abertamente gay a vencer uma eleição sem ser o incumbente.

O filme conta "a história de uma aparentemente insignificante corrida eleitoral local que se tornou uma batalha pela alma de Long Island e inesperadamente abriu caminho para o congressista mais famoso (e agora desacreditado) do mundo. A jornada à la Gatsby de um homem vindo do nada que explorou o sistema, travou uma guerra contra a verdade e enganou um dos distritos mais ricos do país para alcançar seu Sonho Americano", de acordo com a sinopse.

O anúncio da produção surge dias após do deputado ser expulso do Congresso por violações éticas. Santos se tornou o primeiro republicano da história a ser expulso da Câmara. Filho de brasileiros, o político teve sua reputação prejudicada após uma série de reportagens, investigações criminais e por um Comitê de Ética do Congresso encontrarem evidências de que ele cometeu fraudes, lavagem de dinheiro e desviou recursos de campanha para despesas com itens de luxo, botox e até o site de conteúdo erótico OnlyFans.

O deputado nega irregularidades e afirma ser vítima de perseguição.

Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Famosos & TV

+ Famosos & TV