Chadwick Boseman gravou Pantera Negra após diagnóstico de câncer

Por Portal do Holanda

29/08/2020 8h54 — em Famosos & TV

Foto: Divulgação

Quando o ator Chadwick Boseman gravou o filme Pantera Negra ele já sabia do diagnóstico de câncer de cólon, mas resolveu seguir com o projeto. Ele morreu nessa sexta (28) aos 43 anos após enfrentar a doença por quatro anos.

No mesmo ano que descobriu que estava com o câncer em estágio 3, o ator interpretou o Rei T’Challa pela primeira vez no filme “Capitão América: Guerra Civil”. A participação iniciava a história dele no Universo Marvel.

No ano seguinte, Chadwick intensificou os treinos e começou as filmagens de Pantera Negra, que arrecadou US$ 1,3 bilhão de bilheterias no mundo e ganhou a 3, das 6 indicações ao Oscar.

Em 2018, o ator voltou a aparecer como Pantera Negra em “Vingadores: Guerra Infinita” e no ano passado em “Vingadores Ultimato”. Uma sequência de Pantera Negra já havia sido anunciada para 2022.

Boseman pôde ser visto ainda em “Crime Sem Saída”, de 2019, e em “Destacamento Bllod”, da Netflix, lançado no início do ano. O último trabalho foi em “Ma Rainey's Black Bottom”, que já está gravada, mas não tem data para estrear na Netflix.

 

+ Famosos & TV