Compartilhe este texto

Mbappé sai ensanguentado, França é salva por gol contra e vence na estreia

Por Folha de São Paulo

17/06/2024 19h15 — em
Esportes



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A seleção da França venceu a Áustria por 1 a 0 nesta segunda-feira (17), na Merkur Spiel-Arena, em Dusseldorf, Alemanha, pela rodada de abertura do Grupo D da Eurocopa.

Wöber (contra) fez o gol da França. O lance aconteceu aos 38 minutos do primeiro tempo. O zagueiro desviou contra a própria meta após cruzamento de Mbappé.

Mbappé saiu de campo ensanguentado. O atacante sofreu choque feio aos 39' da etapa final. Em lance de bola parada, o camisa 10 cabeceou o ombro de Danso e machucou o nariz. Sua camisa ficou suja de sangue. O capitão da seleção francesa precisou ser substituído, e levou cartão amarelo no processo ao entrar em campo para paralisar a partida.

As duas seleções voltam a campo na próxima sexta (21). A França enfrentará a Holanda na Red Bull Arena, em duelo de equipes com três pontos na Euro. A Áustria terá pela frente a Polônia, também sem pontos na competição, no Estádio Olímpico de Berlim.

COMO FOI O JOGO

França rápida, Áustria segura. Os favoritos conseguiram gerar oportunidades nos 15 minutos iniciais especialmente pelo lado esquerdo, explorando a velocidade de Theo Hernández. Entretanto, a linha alta de marcação austríaca não estava frágil. A seleção de Ralf Rangnick se achou no jogo, aproximou-se em números de posse e passou a se sentir confortável em campo.

Áustria castigada pela ineficiência. A oportunidade mais clara da etapa inicial se apresentou a Baumgartner aos 35', porém o meia desperdiçou. Foram necessários somente três minutos para a França punir o erro. Os Bleus contaram com 'ajuda' de Wöber, que fez gol contra e abriu o placar a favor dos franceses.

Gols perdidos pela França. A equipe de Didier Deschamps mostrou superioridade técnica no segundo tempo e empilhou chances. Mbappé, Griezmann e Marcus Thuram poderiam ter ampliado, porém falharam em detalhes. Para sorte dos Bleus, as oportunidades não fizeram falta, e os favoritos somaram três pontos.

LANCES IMPORTANTES

Velocidade alta. A França mostrou velocidade pelo lado esquerdo aos 8 minutos. Theo Hernández atraiu a marcação e sofreu falta, mas soltou a bola antes e o árbitro aplicou vantagem. Rabiot tocou de primeira para Mbappé. O camisa 10 passou pela marcação e bateu de bico. Pentz espalmou para a linha de fundo.

Setor mais perigoso da França. Aos 12', mais um avanço pelo lado esquerdo. Mbappé tocou de letra, Theo Hernández tabelou com Thuram e invadiu a área. Ninguém apareceu para completar o cruzamento.

Chance enorme. A Áustria teve grande oportunidade para abrir o placar aos 35'. Gregoritsch cruzou, Sabitzer ajeitou de primeira e Baumgartner saiu cara a cara com Maignan. O meia austríaco não bateu bem na bola, e o goleiro francês desviou com o pé direito.

0x1, Wöber (contra) aos 38' do 1ºT. A bola puniu rapidamente a falta de oportunismo austríaca. Mbappé caiu pela ponta direita, pedalou e cruzou na direção de Griezmann. Wöber se antecipou para cortar, mas acabou mandando contra as próprias redes.

Perdeu o controle. Lançamento perfeito de Griezmann para Mbappé aos 45'. O atacante francês esticou demais no domínio, e Pentz roubou a bola.

Inacreditável. Mbappé desperdiçou chance clara aos 9' do segundo tempo. Ele começou muito bem no lance, ganhou de Danso na velocidade e se livrou da marcação. Cara a cara com Pentz, o atacante francês tentou tirar do goleiro, mas mandou também para fora da meta.

Pedido de pênalti. A Áustria reclamou com a arbitragem aos 16'. Sabitzer foi tocado por Upamecano e Saliba e caiu na área. O árbitro Jesús Gil Manzano não viu pênalti, e o VAR reafirmou a decisão.

Por centímetros. A França quase ampliou aos 20'. Theo Hernández arrancou pela esquerda e cruzou para Griezmann, que deu carrinho mas só raspou na bola. A sobra ficou para Koundé. O lateral direito chutou de fora da área e foi bloqueado.

Mais uma chance. Os franceses chegaram novamente no minuto seguinte. Kanté teve liberdade no meio-campo e encontrou bom passe para Thuram. O atacante girou o corpo e chutou forte, de primeira. Pentz espalmou.

Desarme salvador. Há um ditado popular entre torcedores que "as águas cobrem 70% da Terra, e o resto é coberto por Kanté". O volante francês justificou a fama. Wimmer teve ótima oportunidade de contra-ataque aos 39' - na sequência do lance em que Mbappé se machucou -, e apenas o volante restava na marcação. Kanté dominou a situação, roubou a bola e evitou perigo.

Estádio: Merkur Spiel-Arena, em Dusseldorf, Alemanha

Árbitro: Jesús Gil Manzano (Espanha)

Cartões amarelos: Wöber, Mwene, Baumgartner, Laimer e Danso (Áustria); Dembélé e Mbappé (França)

Gols: Wöber (contra) aos 38' do 1ºT (França)

ÁUSTRIA

Pentz; Posch, Danso, Wöber (Trauner) e Mwene (Prass); Seiwald e Grillitsch (Wimmer); Laimer (Schmid), Baumgartner e Sabitzer; Gregoritsch (Arnautovic). T.: Ralf Rangnick

FRANÇA

Maignan; Koundé, Saliba, Upamecano e Theo Hernández; Kanté, Rabiot (Camavinga) e Griezmann (Fofana); Dembélé (Kolo Muani), Mbappé (Giroud) e Marcus Thuram. T.: Didier Deschamps


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes