Compartilhe este texto

Jogador que 'morreu por 2 minutos' mostra desfibrilador que o mantém vivo

Por Folha de São Paulo

21/02/2024 11h31 — em
Esportes



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Tom Lockyer, jogador do Luton Town, desmaiou duas vezes em sete meses devido a problemas cardíacos.

O QUE ACONTECEU

Ele tem um cardioversor desfibrilador implantável (CDI) em seu torso, que o salvou após ficar 'morto' por dois minutos e 40 segundos em dezembro. O aparelho monitora constantemente sua frequência cardíaca e pode dar um choque se necessário para fazer seu coração voltar a funcionar.

"Ele monitora constantemente minha frequência cardíaca e se sair de certos parâmetros foi projetado para me dar um choque", explicou Tom para a Sky Sports.

O dispositivo tem um fio que passa até o coração, e sua bateria dura cerca de 10 anos, precisando ser trocada periodicamente como medida de precaução.

Lockyer mostrou as cicatrizes em seu torso e a localização do desfibrilador, que se projeta sob a axila esquerda.

"Este é meu ferimento de batalha... Meu desfibrilador está lá, como você pode ver, há um fio que passa por ele até meu coração, caso precise ser ativado", completou.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes