Invicto há 13 jogos, Grêmio 'decola' e segue vivo em três campeonatos

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

27/11/2020 18h04 — em Esportes

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Renato Gaúcho estava certo quando prometeu que o Grêmio decolaria. Quando sua equipe oscilava na Libertadores e no Brasileiro, Portaluppi se mostrava cheio de confiança e pedia que a torcida acreditasse em suas palavras. Atualmente, com 13 jogos de invencibilidade e firme em três competições —também a Copa do Brasil—, o Tricolor atingiu a "decolagem" e sonha com voos ainda maiores.

A última derrota gremista aconteceu há exatos 47 dias. Mais de um mês e meio sem ser superado. Em 11 de outubro, o Santos fez 2 a 1 no Tricolor, e depois não houve nova queda.

Nos 13 jogos seguintes são dez vitórias e três empates, totalizando 84,6% de aproveitamento. O último deles, nesta quinta-feira (26), pela ida das oitavas de final da Libertadores, por 2 a 0 sobre o Guaraní, em Assunção (Paraguai). A equipe comandada por Renato Gaúcho, em sua 'decolagem', fez 21 gols e sofreu apenas sete.

A relação de compromissos teve confrontos de Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores. E o time segue firme nas três disputas.

"O mais importante para nossa equipe é o ambiente. Chegam e saem jogadores, mas escolhemos as peças para o grupo a dedo. Todos têm a mesma vontade. Nunca tive nenhum problema nestes quatro anos e meio de clube. O ambiente é tudo no trabalho. Temos uma união muito grande, e, mesmo nos momentos ruins, eu falava que a torcida precisava ter calma e tranquilidade. Sempre confiei e sempre vou confiar no meu grupo. A resposta está aqui. O Grêmio está em três competições e muito bem nas três", declarou o treinador.

A vitória por 2 a 0 fora de casa encaminhou classificação às quartas de final da Libertadores. O Grêmio pode até perder por um gol de diferença no jogo de volta, na Arena, na próxima quinta-feira (3), que seguirá na competição. Obviamente, vitória e empate também servem.

Na Copa do Brasil, o Tricolor passou por Juventude e Cuiabá e irá encarar o São Paulo na fase semifinal — o primeiro duelo será em 23 de dezembro, em Porto Alegre.

No Brasileiro a realidade é o oitavo lugar, com 34 pontos, mas com um jogo a menos que a maioria dos concorrentes. O líder, Atlético-MG — que tem dois jogos a mais que o Grêmio — tem 42 pontos. Na segunda-feira (30), o adversário do Tricolor será o Goiás, pela sexta rodada do Brasileirão.

+ Esportes